Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

São Bernardo: "eu vou executar esse criminoso com minhas próprias mãos!"

Um castigo severo e perpétuo
Certo dia, quando São Bernardo se dirigia para a corte do Conde Teobaldo, deparou-se-lhe um grupo de soldados que conduziam um prisioneiro ao cadafalso, para enforcá-lo.

Vendo a cena, apoderou-se S. Bernardo da corda com que era conduzido o condenado, e fez esta estranha proposta aos verdugos:
— Entregai-me este criminoso, e executá-lo-ei com as minhas próprias mãos.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dom Pelayo e a gloriosa reconquista espanhola



Esse herói cristão iniciou a grande Reconquista espanhola, tendo reunido um pequeno grupo de fiéis que resistiu ao imenso poderio maometano, e miraculosamente o venceu.


Considerado um grande personagem, mais pelos efeitos de sua ação do que por sua pessoa, de D. Pelayo pouco sabemos. Foi, isto pode-se admitir, o detonador do estopim que deflagrou a gloriosa Reconquista contra os mouros.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Quando um pesadelo pode modificar nossas vidas.



Iniciava a noite. O padre José, depois de ter cumprido com suas obrigações, fechava a igreja para ir à casa paroquial rezar o Breviário – oração obrigatória a todos os padres. Ia caminhando pela rua e observou que não tardaria a chover. Chegando em sua casa, se acomodou na cadeira e começou a rezar o Ofício Divino (Breviário).


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Tradição, vida e morte

Pe. João Batista de Almeida Prado Ferraz Costa
Sabe-se que a chamada filosofia vitalista do princípio do século XX (Bergson e Blondel), apresentando-se como uma reação a erros filosóficos então predominantes, exerceu uma notável influência sobre o pensamento católico. Contra uma concepção mecanicista e racionalista própria do positivismo e do neo-kantismo que pretendia esquematizar toda a realidade, a filosofia da vida insurgiu-se fazendo ver como era superficial semelhante

domingo, 26 de outubro de 2014

sábado, 25 de outubro de 2014

A catedral submersa

Na sua História da Liga na Bretanha, de fins do século XVI, um certo cônego Moreau escrevia sobre a baía de Douarnenez:

“Encontram-se ainda hoje pessoas antigas que, estando a pescar, sustentam ter visto com frequência, nas baixas marés, velhas ruínas de muralhas”. Segundo essas testemunhas, tratar-se-ia de “grande obra de que nunca se ouviu falar”.

Algumas ruínas parecem indicar construções dos tempos dos romanos, que dominaram a região antes dos celtas.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ENFIM, O CISMA


Dom Lourenço Fleichman OSB
Em 1976, amigos franceses enviaram a Gustavo Corção notícias de um bispo italiano que escrevera para seus padres e fiéis denunciando o comunismo. Os amigos que enviaram a auspiciosa notícia ao jornalista e escritor católico estavam entusiasmados com a novidade, achando que aquela reação podia significar uma mudança de ares na Igreja.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Arcebispo Fulton Sheen - O ARTESÃO DE NAZARÉ

No passado os homens costumavam falar mais sobre a salvação de suas almas do que sobre a vida presente. Por incrível que pareça em nossos dias essa ênfase deu uma virada radical do terreno religioso e moral para o terreno político e econômico. A atração pelas coisas do Céu diminuiu drasticamente e a gravitação em torno das coisas da terra aumentou visivelmente.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

O Livro dos Salmos - Parte II

Introdução da Bíblia Sagrada reedição do Padre Antônio Pereira de Figueiredo AD 1950



Classificação ordinário dos Salmos - É impossível apresentar uma rigorosa e científica classificação dos Salmos. Santo Agostinho organizou uma, geralmente seguida, e que se encontra na Epistola ad Marcelinum, sendo digna de menção a que apresenta Carpzow no seu livro intitulado Introductio ad livros poeticos Veteris Testamenti. Feita sôbre a primeira, tendo por base a idéia principal e dominante em cada salmo, é a seguinte de Vigouroux, que passamos a apresentar, por nos parecer a melhor. Compreende seis grupos.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Livro dos Salmos - Parte I

Introdução da Bíblia Sagrada reedição do Padre Antônio Pereira de Figueiredo AD 1950


Todos os Livros Santos têm sido objeto de profundos estudos; acêrca  de cada um tem-se escrito muito, mas nenhum tem sido estudado tão profundamente, e dado ocasião a maior número de importantes trabalhos, como o Livro dos Salmos. Sobem a mil e duzentos comentários ao Saltério; e fàcilmente se percebe pela sua grande importância, e pelo lugar proeminente que ocupam êstes cânticos na Sagrada Liturgia.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Santa Hildegarda profetizou a vinda do Anticristo como resultado de uma revolta universal na Igreja e na sociedade

Santa Hildegarda profetizou muitas coisas: descreveu a situação do tempo dela e fez profecias até o Anticristo, e isto tudo documentado com milagres.
Santa Hildegarda, abadessa de
Bingen, profetisa do Novo Testamento


A Providência quis que ela profetizasse porque se os homens tivessem tomado a sério o anúncio da Revolução, esta podia não ter vindo. 

O profeta adverte para evitar o castigo, para evitar o precipício. Ele é a voz da Providência afastando do desvio, e ao mesmo tempo anunciando o castigo se os desvios não forem evitados. 

Então ela profetizou até o Anticristo. Aqui vem então a explicação do igualitarismo, que é uma das fontes da Revolução anticristã, junto com a sensualidade. 

sábado, 18 de outubro de 2014

Santa Hildegarda: práticas homossexuais são desejadas pelo demônio para extinguir o gênero humano

Luis Dufaur
No Livro das Obras Divinas, Santa Hildegarda de Bingen, a “Sibila do Reno”, interpreta a propósito do versículo 6,8 do Livro do Apocalipse:
Santa Hildegarda viu no Apocalipse a
descrição de uma decadência moral
muito parecida com a nossa
“VIII. “E vi aparecer um cavalo esverdeado. Seu cavaleiro tinha
 por nome Morte; e a região dos mortos o seguia. Foi-lhe dado poder sobre a quarta parte da terra, para matar pela espada, pela fome, pela peste e pelas feras” (Ap 6,8).
“Isto se interpreta assim: o cavalo descrito deste modo é o tempo em que todas as coisas conformes com a lei e cheias da justiça de Deus serão consideradas nada, como as coisas sem cor, e então os homens dirão: ‘Não sabemos o que fazemos e os que nos deram estas ordens não sabiam o que diziam’.
“E assim, sem medo nem temor pelo julgamento de Deus, desprezarão todos os bens, persuadidos pelo diabo a fazer estas coisas.
“Mas Deus em sua cólera julgará estas obras e se vingará destruindo-as completamente, porque dará morte àqueles que não se arrependam e os condenará ao inferno. Nesse tempo, haverá por todas as partes da terra combates com a espada, os frutos da terra desaparecerão, e os homens morrerão de morte súbita ou pelas mordidas das feras.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Dom Antônio de Castro Mayer - Nova Teologia

O Pe. Garrigou-Lagrange, professor no “Angelicum”, que é a Universidade dos Dominicanos em Roma, nos põe a par de uma nova orientação teológica, em dois artigos publicados na revista da mesma Universidade em 1946, fasc. 3 e 4, e 1947, fasc. 21. Como ele diz que é “estrita obrigação de consciência para os teólogos tradicionais responderem (a estas aberrações)”, “do contrário faltariam gravemente ao seu dever, falta de que deverão dar contas a Deus” (pág. 135), parece-nos oportuno comunicar também aos leitores brasileiros o que se passa na Velha Europa (somente lá?) de hostil e perigoso dentro dos arraiais da mesma Igreja. Vamos nos servir do material fornecido pelo grande teólogo dominicano, e restringir-nos às suas informações, esquecendo, no momento, o que possamos conhecer por outras vias.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

E que é a Verdade?



Encaminha-se de casa de Caifás toda a multidão, juízes e servos, arrastando a Jesus para o pretório de Pôncio Pilatos, governador romano. Ao sair de Efraim tinha dito Nosso Senhor: “Vamo-nos a Jerusalém, onde o Filho do Homem tem de ser entregue aos chefes sacerdotes e aos doutores da Lei, que o hão de condenar à morte, e desampará-lo aos pagãos”. Alumiando todos os pormenores deste suplício hediondo, como se nos desvenda a majestade divina à luz das profecias?

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Papel da família na gestação da Cristandade

Brunwart von Augheim, Codex Manesse, Glória da Idade Média

“Por toda parte a civilização começou pela família. Aqui e ali nascem homens nos quais se desenvolvem e atuam mais poderosamente o amor paterno e o desejo de se perpetuar nos seus descendentes.
“Eles se dedicam ao trabalho com mais ardor, impõem aos seus apetites um freio mais contínuo e mais sólido, governam sua família com mais autoridade, inspiram-lhe costumes mais severos, que eles imprimem nos hábitos que a fazem contrair.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

O caráter religioso da Vandéia

Os historiadores atuais não se interessam mais pelo caráter religioso da Vandéia. Ou bem não falam, ou se falam, é apenas como uma lembrança1. Contudo, a simples menção não basta. Deve-se tentar compreender a espiritualidade dos vandeianos. Deve-se tentar também definir a relação entre a religião e o combate contra a revolução.



sexta-feira, 10 de outubro de 2014

SANTA MÔNICA, MÃE DE SANTO AGOSTINHO


Santa Mônica nasceu no ano de 332 e foi a mãe do nosso grande Santo Agostinho.


Os pais de Santa Mônica, muito piedosos, confiaram-lhe a educação a uma senhora de grandes virtudes, ligada à família por íntima amizade.


Embora branda e suave no modo de educar a menina, com firmeza aplicou os princípios sãos da pedagogia cristã, acostumando a educanda às práticas de uma mortificação prudente e moderada. Regra, cuja observação exigia e que por Santa Mônica era fielmente observada, era não tomar alimento de espécie alguma, a não ser na hora das refeições. 


terça-feira, 7 de outubro de 2014

Origem e significado do santo Rosário


Corria o ano da graça de 1214. Havia bastante tempo que o Languedoc, região meridional da França, vinha sendo assolado por uma infame e terrível heresia: a dos albigenses.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

TODO O PODER FUNDAMENTADO NO HOMEM É TIRÂNICO

Exorcismo invocando a proteção de São Miguel Arcanjo
São Miguel

Refere-se ao Trono da Verdade que a Igreja e o mundo precisa de modo urgente, repetindo o que foi escrito pelo Papa Leão XIII (e traduzido aqui por Dom Mayer), para ser usado pelos sacerdotes no fim da Missa: “As hostes astuciosíssimas encheram de amargura a Igreja, Esposa Imaculada do Cordeiro, e inebriaram‑na com absinto; puseram‑se em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios. Ali onde está constituída a sede do beatíssimo Pedro, e Cátedra da Verdade para iluminar os povos, ali colocaram o trono da abominação de sua impiedade, para que, ferido o pastor se dispersassem as ovelhas.”

sábado, 4 de outubro de 2014

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

A Cera e o Fogo


Um dos pontos mais indispensáveis para uma alma conseguir guardar perfeitamente a castidade é a fuga das ocasiões próximas de pecado.


Já foi dito que "em matéria de castidade não há fortes nem fracos. Há prudentes ou imprudentes."


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Pio II: Papa que pregou as Cruzadas até morrer

Pio II, Pinturicchio
"Ah, se estivessem agora aqui Godofredo, Balduíno, Eustáquio, Hugo, Bohémond e Tancredo, e aqueles outros esforçados varões que um dia reconquistaram Jerusalém, penetrando com suas armas por entre os exércitos inimigos!

"Verdadeiramente, não nos teriam deixado pronunciar tantas palavras, mas se teriam levantado, exclamando com voz fervorosa, como outrora em presença de Urbano II, nosso predecessor: ‘Deus o quer! Deus o quer!’. Mas vós aguardastes em silêncio o fim do discurso, e nossas exortações não parecem ter-vos movido. ...