Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Os Santos Inocentes e os nascituros abortados

“A pena do pecado original é a carência da visão de Deus; a pena do pecado atual é o tormento do inferno eterno” (Dz. 410)

Futuríveis acerca dos Santos Inocentes e dos nascituros abortados
Pe. João Batista de A. Prado Ferraz Costa
Sub throno Dei omnes sancti clamant: Vindica sanguinem nostrum, Deus noster.
Meditando sobre a festa dos Santos Inocentes, Santo Afonso Maria de Ligório desenvolve uma reflexão ao molde dos futuríveis levantando a instigante questão por que Deus permitiu que às alegrias do Santo Natal se seguisse a trágica matança dos Santos Inocentes nos arredores de Belém, por ordem de Herodes.
É claro que Deus queria condicionalmente, não eficazmente, a preservação daquelas criancinhas inocentes, mas permitiu o mal oposto, a matança, porque daí poderia tirar um bem maior. Por exemplo, Santo Afonso diz que muitas daquelas criancinhas massacradas por ordem de Herodes, se não tivessem sido mortas, poderiam mais tarde estar entre os judeus criminosos que pediam a condenação do Salvador. E Santo Tomás de Aquino diz que, embora os Santos Inocentes não tivessem um uso milagroso do livre arbítrio para morrer livremente por Cristo (como alguns disseram), mereceram entretanto a graça e a glória do martírio: “Pois a efusão do sangue por causa de Cristo supriu o batismo (Cf. II IIªe q. 124. a. 1 ad. 1)
Hoje, festa dos Santos Inocentes, em várias partes do mundo, a valorosa luta pró-vida promove   grandes manifestações públicas, procurando sensibilizar a consciência moral da população para a gravidade do nefando crime do aborto.
Sem dúvida, é uma iniciativa louvável, mas encerra o perigo de uma confusão, que deve ser afasto com toda energia. Talvez se possa comparar a hecatombe  do aborto em nossos dias, legalizada pelos parlamentos das democracias seculares modernas e incentivadas pelas diversas organizações feministas e outros órgãos interessados no controle demográfico das nações, com a matança ordenada por Herodes.
Contudo, não se podem equiparar os nascituros abortados com os Santos Inocentes. Estes, como se viu, foram mortos por ódio a Cristo Rei. Herodes (e o diabo em sua alma), explica Santo Tomás, temiam chegada de um rei que os destronaria, fosse de um trono temporal, fosse de um trono no coração dos homens. Ao passo que os nascituros abortados nas sociedades modernas em estado de putrefação pelo vírus do materialismo não são mortos por ódio a Cristo Rei, porque, infelizmente, a imensa maioria dos católicos modernos nem sequer cogita no Reinado Social de Cristo e, pior, abraçou um naturalismo, um pelagianismo, que os leva a pensar que todos os nascituros abortados estão na glória do céu e não no limbo dos párvulos. Porque acham que o homem, pelas suas próprias forças, é capaz de Deus, esquecidos de que Deus habita uma luz inacessível (I Tim. 6, 16), esquecidos também da distinção entre a ordem natural e a ordem da graça, como se a alma racional fosse por si mesma uma participação da natureza divina.
Com efeito, hoje em dia, a doutrina católica tradicional sobre o limbo está esquecida senão negada. Quem se lembra ainda do que ensinou, por exemplo, o papa Inocêncio III: “A pena do pecado original é a carência da visão de Deus; a pena do pecado atual é o tormento do inferno eterno” (Dz. 410). Ou quem ainda leva a sério o ensinamento do Catecismo de São Pio X na questão nº 100 :”As crianças mortas sem o batismo vão para o limbo, onde não gozam de Deus como os bem-aventurados, mas não sofrem.”
De modo que na linha dos futuríveis, parodiando Santo Afonso Maria de Ligório, me pergunto por que hoje Deus permite que tantos nascituros sejam cruelmente abortados no ventre materno, sob a aprovação dos parlamentos modernos, sob o aplauso de tantas organizações feministas, sob o incentivo da ONU (que Paulo VI saudou como a última esperança de paz para a humanidade), ouvindo-se apenas um lamento e um protesto insuficientes de uma parcela de católicos que ainda guardam a consciência dos princípios da lei natural? Por que?
Sinceramente ocorre-me uma resposta que me causa calafrio. É para permitir que esses nascituros destinados ao limbo sejam poupados do fogo do inferno. Com efeito, se chegassem à idade adulta e se tornassem uns hereges modernistas e liberais, que vivem a exaltar a democracia, a cultuar a ideologia dos direitos humanos (agora apadrinhada por um D. Helder Câmara), o falso ecumenismo, o diálogo inter-religioso, a falsa misericórdia, a autonomia das realidades temporais, tudo à luz do Vaticano II, seriam condenados ao fogo do inferno. Sim, acho que é por isso que Deus permite a tragédia do aborto em nossos dias.
Anápolis, 28 de dezembro de 2017.
Festa dos Santos Inocentes

Um comentário:


  1. Suzy Solis
    för 1 sekund sedan
    http://www.comepraytherosary.org/
    SVARA



    Suzy Solis
    Suzy Solis
    för 1 sekund sedan
    https://www.medjugorje-info.com/it/vijesti-iz-svijeta/novo-cudo-u-njemackoj-isus-se-na-nekoliko-minuta-pokazao-u-presvetoj-hostiji
    SVARA



    Suzy Solis
    Suzy Solis
    för 1 sekund sedan
    PROŠNJA PRESVETOM SRCU ISUSOVU
    ___________________________

    O moj Isuse, koji si rekao: «Zaista vam kažem, molite i primit ćete, tražite i naći ćete, kucajte i otvorit će vam se", evo, ja kucam, tražim i po zagovoru Blažene Djevice tvoje Presvete Majke molim za milost...
    Oče naš, Zdravo Marijo, Slava Ocu...
    Presveto Srce Isusovo, vjerujem u Te i ufam se u Te!

    O moj Isuse, koji si rekao: «Zaista, zaista vam kažem, što god zatražite od Oca mojega u Moje Ime, dat će vam», evo, ja tražim od Tvojega Oca u Tvoje ime po zagovoru Blažene Djevice tvoje Presvete Majke milost....
    Oče naš, Zdravo Marijo, Slava Ocu...
    Presveto Srce Isusovo, vjerujem u Te i ufam se u Te!

    O moj Isuse, koji si rekao: «Nebo će i zemlja proći, ali moje riječi neće proći», evo, oslanjajući se na jamstvo Tvojih riječi, po zagovoru Blažene Djevice tvoje Presvete Majke molim za milost ...
    Oče naš, Zdravo Marijo, Slava Ocu ...
    Presveto Srce Isusovo, vjerujem u Te i ufam se u Te!

    Pomolimo se!
    O Presveto Srce Isusovo, Tebi je nemoguće ne biti milosrdan prema bijednicima. Smiluj se nama siromašnim grešnicima i udijeli nam milost koju Te molimo po zagovoru Bezgrešnog Srca Tvoje i naše drage Majke! — Sveti Josipe, poočime i hranitelju Presvetog Srca Isusova, moli za nas!
    Zdravo Kraljice...
    ______
    (Ovu molitvu je svakodnevno molio sv. Pater Pio za sve one koji su se preporučivali u njegove molitve, a sam je poticao svoje duhovne sinove i kćeri da mole ovu molitvu. Prošnja se može moliti i kao devetnica)

    ResponderExcluir