Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

São Lúcifer, defensor da Igreja


"Rogamos a São Lúcifer Calaritano, para que, como ele combateu ferozmente a heresia ariana, possamos também combater as diversas heresias da atualidade."


Muitos podem ficar horrorizados com um santo chamado Lúcifer, mas, nos primórdios do cristianismo o nome lúcifer não era sinônimo para Satã, muitos cristãos eram batizados com esse nome em homenagem a Jesus, já que não ousavam utilizar o nome do Filho de Deus. No latim lúcifer significa o que traz a luz.
Lúcifer, do latim formada por duas palavras “lux” (luz) e “ferre” (portar, carregar, trazer), lúcifer: o que traz a luz.
Jó 11,17 “ et quasi meridianus fulgor consurget tibi ad vesperam et cum te consumptum putaveris orieris ut lucifer”.  
Na 2ª Epístola de São Pedro, onde o Apóstolo diz et lucifer oriatur in cordibus vestris” ou “e a Estrela da Manhã nasce em vossos corações”, Estrela da Manhã significa Jesus. “e estrela... e o mesmo Jesus ilumine por completo as vossas almas” - Comentário da Bíblia Sagrada traduzida pelo Padre Matos Soares, 13ª Edição, Edições Paulinas de 1961.
"Et habemus firmiorem propheticum sermonem, cui bene facitis attendentes quasi lucernae lucenti in caliginoso loco, donec dies illucescat, et lucifer oriatur in cordibus vestris (Epistula II Petri 1, 19)"
A forma como é utilizada a palavra lúcifer atualmente não é muito antiga, remonta do século XIX, por influência, de mais um erro protestante.
Lúcifer Calaritano, Santo da Igreja Católica, morreu por volta do ano 370, sua festa litúrgica é comemorada no dia 20 de maio. Foi Bispo de Cagliari na Sardenha, conhecido pela sua luta contra o arianismo e no Concílio de Milão defendeu Santo Atanásio opondo ferozmente contra os arianos, sendo banido, por ordem de Constâncio II.
Após a morte de Constâncio II, retornou do exilio continuando a combater a heresia ariana até a sua morte em 370. Seus seguidores eram chamados luciferianos.
Santo Ambrósio, Santo Agostinho e São Jerônimo deixaram muitas referências sobre a sua vida e obras.
Há uma Capela dedicado a Santo Lúcifer Calaritano, talvez a única, local onde a rainha consorte de Luís XVIII de França, Maria Josefina de Saboia está sepultada.
Capela de São Lúcifer Calaritano
Rogamos a São Lúcifer Calaritano, para que, como ele combateu ferozmente a heresia ariana, possamos também combater as diversas heresias da atualidade.

São Lúcifer Calaritano, rogai por nós!


Roosevelt Maria de Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário