Seja por sempre e em todas partes conhecido, adorado, bendito, amado, servido e glorificado o diviníssimo Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria.

"Roma perderá a Fé e se tornará a sede do Anticristo"

Nossa Senhora em La Salette

Attende Domine, et miserere, quia peccavimus tibi.

Pax Domini sit semper tecum

Item 4º do Juramento Anti-modernista São PIO X: "Eu sinceramente mantenho que a Doutrina da Fé nos foi trazida desde os Apóstolos pelos Padres ortodoxos com exatamente o mesmo significado e sempre com o mesmo propósito. Assim sendo, eu rejeito inteiramente a falsa representação herética de que os dogmas evoluem e se modificam de um significado para outro diferente do que a Igreja antes manteve. Condeno também todo erro segundo o qual, no lugar do divino Depósito que foi confiado à esposa de Cristo para que ela o guardasse, há apenas uma invenção filosófica ou produto de consciência humana que foi gradualmente desenvolvida pelo esforço humano e continuará a se desenvolver indefinidamente" - JURAMENTO ANTI-MODERNISTA

____

Eu conservo a MISSA TRADICIONAL, aquela que foi codificada, não fabricada, por São Pio V no século XVI, conforme um costume multissecular. Eu recuso, portanto, o ORDO MISSAE de Paulo VI”. - Declaração do Pe. Camel.

____

Ao negar a celebração da Missa Tradicional ou ao obstruir e a discriminar, comportam-se como um administrador infiel e caprichoso que, contrariamente às instruções do pai da casa - tem a despensa trancada ou como uma madrasta má que dá às crianças uma dose deficiente. É possível que esses clérigos tenham medo do grande poder da verdade que irradia da celebração da Missa Tradicional. Pode comparar-se a Missa Tradicional a um leão: soltem-no e ele defender-se-á sozinho”. - D. Athanasius Schneider

"Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa (desde que não se falte à verdade), sendo obra de caridade gritar: Eis o lobo!, quando está entre o rebanho, ou em qualquer lugar onde seja encontrado".- São Francisco de Sales

“E eu lhes digo que o protestantismo não é cristianismo puro, nem cristianismo de espécie alguma; é pseudocristianismo, um cristianismo falso. Nem sequer tem os protestantes direito de se chamarem cristãos”. - Padre Amando Adriano Lochu

"MALDITOS os cristãos que suportam sem indignação que seu adorável SALVADOR seja posto lado a lado com Buda e Maomé em não sei que panteão de falsos deuses". - Padre Emmanuel

sábado, 5 de agosto de 2017

5 de agosto - Dedicação da igreja de Nossa Senhora das Neves

Fachada da Basílica Santa Maria Maior - Roma IT
Salve, santa Mãe, em cujo seio se formou o Rei, Aquele que governa o céu e a terra por todos os séculos. 


Duplo maior – Param. brancos

Sob o pontificado do Papa Libério (352-366), dois piedosos esposos do patriciado romano, ricos e sem filhos, ofereceram sua herança a Nossa Senhora, suplicando-lhe instantemente se dignasse indicar-lhes como deveriam empregá-la. A Santíssima Virgem agradou-se do voto e, na noite de 5 de agosto, época em que Roma o calor atinge o máximo, advertiu-os em sonho que construíssem uma igreja em sua honra, sobre o monte Esquilino onde, ao amanhecer, haveriam de encontrar neve. Os dois esposos foram comunicar a aparição ao Papa que, comprovado o milagre da neve prodigiosa, caída sobre o monte Esquilino, ali fez construir, ás custas dos piedosos cônjuges, a magnifica igreja de Santa Maria Maior.
O insigne santuário foi restaurado por Sisto III¹, em 432, no ano seguinte àquele em que o Concílio de Êfeso² proclamara a divina Maternidade de Maria. A festa de hoje, estendida a toda a Igreja por Pio V³, é o aniversário da dedicação da basílica.
Missa “Salve, Sancta Parens”. Prefácio de Nossa Senhora “Et te in festivitate”.

“Missal Romano Quotidiano – Latim/Português – Edições Paulinas 1959

¹ Papa Sisto III foi eleito papa em 31 de julho de 432. Morreu em 18 de agosto de 440.
² Concílio de Êfeso: Primeiro Concílio de Êfeso foi realizado em 431 na Igreja de Maria em Êfeso, Ásia Menor, convocado pelo imperador Teodósio II para debater sobre as heresias de Nestório, que negava que em Jesus havia duas naturezas distintas, negando, porém, que a SS. Virgem seria a Mãe de Deus, sendo portanto apenas a Mãe de Jesus enquanto humano. Condenou o nestorianismo como heresia e proclamou que Jesus era uma pessoa, Deus completo e homem completo, declarando como dogma de fé que Maria devia ser chamada Mãe de Deus por ter concebida e dado à luz Deus como um homem.

³ São Pio V: Nasceu em Bosco a 17 de janeiro de 1504, faleceu em Roma em 01 de maio de 1572, foi papa de 7 de janeiro de 1566 até a sua morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário